terça-feira, 20 de julho de 2010

Ciencias Contábeis

Hoje vamos falar sobre o curso e profissão de Ciencias Contábeis =]

Profissional obrigatório em empresas de todos os portes, das micro às multinacionais,o cientista contábil vem ganhando importância crescente nos últimos tempos. A globalização faz com que seu trabalho se torne mais evidente nas empresas e afaste de vez a antiga imagem do profissional centrado apenas em contas internas.
As principais funções do cientista contábil – ou contador– nos dias atuais são o acompanhamento da evolução patrimonial e o registro de sua influência nos aspectos econômico e financeiro das companhias.
Outra função importante é a realização de relatório se balanços anuais seguindo critérios internacionais. Na União Européia, as normas do Conselho Internacional de Padrões de Contabilidade (Iasb) já estão sendo seguidas. Por aqui, o Banco Central determinou que até 2010 todos os bancos apresentem suas demonstrações financeiras seguindo os novos critérios. Daí a importância de conhecer a legislação internacional e de ficar de olho no movimento do mercado externo.
Cabe ao profissional ainda organizar o pagamento de tributos pelos clientes ou empresas e a auditoria e as perícias contábeis. O dia a dia da profissão costuma ser bem agitado. Nas grandes empresas, o acompanhamento da situação deve ser diário, o que obriga o cientista contábil a ficar atento aos números e a participar de reuniões com profissionais de outras áreas. Saber atuar em equipe e conhecera fundo o funcionamento da companhia também são características indispensáveis. Para atuar na área, é preciso obter o registro no Conselho Regional de Contabilidade. Para isso, o bacharel tem de se submeter a uma prova em que comprove o domínio sobre os conhecimentos da profissão.

O mercado de trabalho
A recente crise global mostrou como é importante o equilíbrio financeiro de empresas e instituições e quão sensível e interligado é o sistema econômico mundial. Dirigentes de grandes grupos sabem que é essencial demonstrar transparência em sua contabilidade, tanto para tranqüilizar acionistas quanto para melhorar a imagem dos negócios. Além disso, toda empresa, seja ela micro, pequena, média ou grande, precisa, por lei, de um contador responsável. Por todos esses motivos, a carreira de contabilista está em alta e até tem atraído para os bancos dos cursos de Ciências Contábeis graduados em outras áreas. Segundo o Conselho Federal de Contabilidade, há quase 400 mil contabilistas ativos no Brasil e, conforme o registro mais recente do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), de2006, o país abriga 5,7 milhões de empresas. Se cuidar das contas de uma delas fosse a única opção para o profissional, haveria cerca de 14companhias para cada contador. Mas existem outros caminhos aquecidos. O setor público é um deles.
"Nesse caso, a maior procura é para as áreas de controladoria e auditoria", explica Wagner Rodrigues dos Santos, coordenador da graduação em Ciências Contábeis da Universidade de Brasília (UnB), lembrando que a contratação por órgãos federais, estaduais ou municipais sempre se dá por meio de concurso público. Outra possibilidade está no terceiro setor, na prestação de contas das organizações não governamentais, que segue regimentos específicos, dominados ainda por poucos especialistas. Também são escassos os formados que se dedicam à pesquisa e à docência, o que mantém em alta a procura por contabilistas para ministrar aulas no ensino superior.Nas capitais, as maiores oportunidades e salários estão nas grandes e médias empresas,incluindo instituições financeiras e multinacionais,enquanto no interior há mais vagas em escritórios de contabilidade. Para o autônomo,existem boas perspectivas em todo o país, e só podem atuar os profissionais cadastrados no Conselho Regional de Contabilidade.

O curso
O primeiro dos quatro anos do curso é ocupado com as disciplinas básicas, como sociologia, português, economia e administração. Em seguida vêm as disciplinas técnicas e gerenciais, como teoria da contabilidade, planejamento e contabilidade financeira. Há também aulas de legislação comercial, direito e planejamento tributário. No terceiro ano começam as aulas de auditoria e perícia. É importante participar de seminários e assistir a palestras sobre questões da atualidade, oferecidos pelas melhores escolas, para se manter informado e atualizado. O estágio nem sempre é obrigatório. Algumas faculdades exigem uma monografia de conclusão do curso.

O que você pode fazer

Auditoria
Fiscalizar as contas de uma empresa, conferindo os registros nos livros e os dados de balanços.

Contabilidade gerencial
Registrar e analisar as operações financeiras e patrimoniais de uma empresa, acompanhando todas as transações da organização.

Controle
Coordenar as operações fiscais e financeiras de empresas públicas e privadas.

3 Comentarios:

Quero direito he-he
Passando pra dizer que coloquei seu banner no meu blog :)
E obrigada pela parceria

http://nossomonologo.blogspot.com/

Opaaaaaaaa a pedidos ein...

Sou formado em Contábeis é uma otima area de trabalho

Recomendo ein

abraço

Augusto

www.ahistoriacomoelafoi.zip.net

Postar um comentário