terça-feira, 27 de julho de 2010

Física

1. GRANDEZAS FÍSICAS, SUA MEDIDA E REPRESENTAÇÃO.
1.1. Medição das grandezas fundamentais: massa, tempo, distância e corrente elétrica.
1.2. Medição e dimensões das grandezas físicas envolvidas nos fenômenos a que se refere este programa.
1.3. Sistemas de unidades. Sistema Internacional (SI).
1.4. Representações gráfi  cas de relações funcionais entre grandezas referidas neste programa e sua interpretação.
1.5. Grandezas escalares e vetoriais. Soma e decomposição de vetores: métodos geométrico e analítico.

2. CINEMÁTICA.
2.1. Velocidade e aceleração escalares médias e instantâneas.
2.2. Representação gráfi  ca, em função do tempo, do deslocamento, da velocidade e da aceleração de um corpo.
2.3. Velocidade e aceleração vetoriais médias e instantâneas.
2.4. Os movimentos uniforme e uniformemente variado. Movimentos retilíneos e curvilíneos.
2.5. Movimento circular uniforme: velocidade angular, pulsação, período e frequência. Aceleração normal (centrípeta) e sua relação com a velocidade e o raio.
2.6. Movimento harmônico simples. Equação do deslocamento. Velocidade e aceleração. Relação entre deslocamento e aceleração num MHS.

3. MOVIMENTO E AS LEIS DE NEWTON.
3.1. Movimento de um corpo sob a ação de uma força.
3.2. Lei da inércia ou primeira lei de Newton.
3.3. Relação matemática entre a aceleração do corpo e a força que atua sobre ele (massa inercial): segunda lei de Newton.
3.4. Composição vetorial de forças que atuam sobre um corpo.
3.5. Lei da ação e reação ou terceira lei de Newton.
3.6. Sistemas de referência. Referenciais inerciais e não inerciais. Forças verdadeiras e forças fictícias.

4. GRAVITAÇÃO.
4.1. Peso de um corpo.
4.2. Aceleração da gravidade.
4.3. Movimento de projéteis.
4.4. Lei da atração gravitacional de Newton e sua verifi  cação experimental. Sistema solar. Leis de Kepler do movimento planetário.

5. QUANTIDADE DE MOVIMENTO (MOMENTO LINEAR) E SUA CONSERVAÇÃO.
5.1. Impulso de uma força.
5.2. Quantidade de movimento de uma partícula e de um corpo ou sistema de partículas.
5.3. Conceitos vetoriais de impulso de uma força e quantidade de movimento de um corpo.
5.4. Princípio da conservação da quantidade de movimento de um sistema isolado de partículas. Lei da inércia.
5.5. Centro de massa de um sistema de partículas e seu movimento.

6. TRABALHO E ENERGIA CINÉTICA. ENERGIA POTENCIAL.
6.1. Trabalho de uma força constante. Interpretação do gráfico força versus deslocamento. Trabalho de uma força variável como uma soma de trabalhos elementares.
6.2. O trabalho da força peso: trajetória retilínea. Trabalho da força de reação normal à trajetória. Trabalho do peso em trajetória qualquer.
6.3. O teorema do trabalho e energia cinética.
6.4. Noção de campo de força. Forças conservativas. Trabalho de forças conservativas. Energia potencial.
6.5. O teorema de conservação da energia mecânica. Caso do campo da força peso (gravidade constante).
6.6. Trabalho da força elástica e seu cálculo através de interpretação do gráfico força versus deslocamento.
6.7. Trabalho da força de atrito.
6.8. Potência.

7. ESTUDO DOS FLUIDOS.
7.1. Pressão de um fluido.
7.2. Variação da pressão num líquido em repouso.
7.3. Princípios de Pascal e de Arquimedes.

8. TERMOLOGIA.
8.1. Temperatura e lei zero da Termodinâmica.
8.2. Termômetros e escalas termométricas.
8.3. Calor como energia em trânsito.
8.4. Calorimetria.
8.5. Mudanças de fase.
8.6. Propagação de calor.
8.7. Dilatação térmica.
8.8. Calor específi  co de sólidos e líquidos.
8.9. Lei dos gases: transformações isobáricas, isovolumétricas e isotérmicas.
8.10. Gás perfeito. Lei dos gases perfeitos.
8.11. Trabalho realizado por um gás em expansão.
8.12. Calores específi  cos dos gases a volume constante e a pressão constante.
8.13. A experiência de Joule e o primeiro princípio da Termodinâmica.

9. REFLEXÃO E FORMAÇÃO DE IMAGENS.
9.1. Trajetória de um raio de luz em meio homogêneo.
9.2. Sombra e penumbra.
9.3. Leis da refl  exão da luz e sua verifi  cação experimental.
9.4. Espelhos planos e esféricos.
9.5. Imagens reais e virtuais.

10. REFRAÇÃO E DISPERSÃO DA LUZ.
10.1. Fenômeno da refração.
10.2. Lei de Snell e índice de refração absoluto e relativo.
10.3. Reversibilidade de percurso.
10.4. Lâmina de faces paralelas.
10.5. Prismas.

11. LENTES E INSTRUMENTOS ÓPTICOS.
11.1. Lentes delgadas.
11.2. Imagens reais e virtuais.
11.3. Equação das lentes delgadas.
11.4. Convergência de uma lente. Dioptria.
11.5. O olho humano.
11.6. Microscópio, telescópio de refl  exão, lunetas terrestres e astronômicas, projetores de imagens e máquina fotográfica.

12. PULSOS E ONDAS: LUZ E SOM.
12.1. Propagação de um pulso em meios unidimensionais - velocidade de propagação.
12.2. Superposição de pulsos.
12.3. Reflexão e transmissão.
12.4. Ondas planas e circulares: refl  exão, refração, difração, interferência e polarização.
12.5. Ondas estacionárias.
12.6. Caráter ondulatório e natureza eletromagnética da luz.
12.7. Caráter ondulatório do som.
12.8. Qualidade do som.

13. ELETROSTÁTICA.
13.1. Carga elétrica e sua conservação.
13.2. Lei de Coulomb.
13.3. Indução eletrostática.
13.4. Campo eletrostático.
13.5. Potencial eletrostático e diferença de potencial.- 21 -

14. ENERGIA NO CAMPO ELÉTRICO E MOVIMENTO DE CARGAS.
14.1. Corrente elétrica.
14.2. Resistência e resistividade - variação com a temperatura.
14.3. Conservação da energia e força eletromotriz.
14.4. Relação entre corrente elétrica e diferença de potencial aplicada. Lei de Ohm. Condutores ôhmicos e não-ôhmicos.
14.5. Lei de Kirchhoff para circuitos de corrente contínua.
14.6. Dissipação de energia em resistores. Potência elétrica.

15. CAMPO MAGNÉTICO.
15.1. Campo magnético de ímãs e correntes elétricas. Vetor indução magnética.
15.2. Lei de Ampère.
15.3. Campo magnético de uma corrente num condutor retilíneo e num solenóide.
15.4. Forças sobre cargas elétricas em movimento num campo magnético.
15.5. Forças magnéticas atuantes em condutores elétricos percorridos por corrente: defi  nição de Ampère.
15.6. Noções sobre propriedades magnéticas da matéria.

16. INDUÇÃO ELETROMAGNÉTICA.
16.1. Corrente induzida devido ao movimento relativo do condutor em campos magnéticos.
16.2. Fluxo magnético e indução eletromagnética.
16.3. Sentido da corrente induzida - Lei de Lenz.

17. MEDIDAS ELÉTRICAS.
17.1. Princípio de funcionamento de medidores de intensidade de corrente, diferença de potencial e resistência.
17.2. Intercalação de medidores em circuitos para medida de corrente, diferença de potencial e resistência.

1 Comentarios:

O negócio é ser celebridade viu...Ohh profissão boa...Ganha bem,glamour.ñ a vida surrada que a gente leva hahahaha
bjssss

www.mulheressemprenocomando.blogspot.com

Postar um comentário