domingo, 18 de julho de 2010

FISIOTERAPIA

Hoje vamos falar sobre a Profissão de Fisioterapia. =]

O profissional tem como principal função prevenir, diagnosticar e tratar disfunções do organismo causadas por acidentes, malformação genética, vícios de postura ou distúrbios neurológicos, cardíacos ou respiratórios. Para isso, o fisioterapeuta recorre ao uso adequado de meios físicos, como calor, frio, choque, água ou aparelhos de ginástica para a recuperação.
Trabalhando em hospitais, clínicas, centros de reabilitação ou clubes esportivos, geralmente em equipe com outros profissionais de saúde,o fisioterapeuta tem uma rotina diária movimentada.Com muitos pacientes para cuidar, é comum ter de atender em sessões marcadas em horários pouco usuais como no início da manhã,à noite ou, no caso em que o tratamento do paciente deve ser contínuo, nos fins de semana.

O mercado de trabalho
O mercado está estável em razão do grande número de estudantes formados anualmente nos muitos cursos de Fisioterapia espalhados pelo Brasil. Um setor que tem contratado o graduado é o hospitalar. Ele é admitido para cuidar de pacientes críticos em unidades de terapia intensiva e de doentes em enfermarias e ambulatórios. Para isso, precisa dominar conhecimentos e técnicas nas áreas respiratória, neurológica e músculo-esquelética.
A atuação do fisioterapeuta também vem crescendo no campo da estética, no qual ele lida com tratamentos para celulite e recuperação de pacientes que se submeteram a cirurgia plástica. Outros nichos, como a geriatria (cuidado com idosos) e a saúde do trabalho, oferecem boas oportunidades ao fisioterapeuta.
O mercado é mais receptivo no Sudeste, que concentra cerca de um terço das instituições de ensino que formam fisioterapeutas. Mas, como essa região é bastante concorrida, uma alternativa é migrar para outras cidades do Norte, do Nordeste e do Centro-Oeste, que estão menos saturadas.

O curso
As disciplinas das ciências biológicas e da saúde constituem a base do currículo. Assim, espere muita aula de biologia, anatomia, fisiologia, patologia e histologia, principalmente no primeiro dos quatro anos de curso. Você estuda saúde pública, recursos terapêuticos manuais, neurologia, ortopedia e traumatologia. A partir do segundo ano, aumenta a carga de aulas práticas, nas quais se aprendem técnicas de tratamento, como a massoterapia (massagem), termo terapia (aplicação de calor ou frio) ou hidroterapia (por meio da água). O estágio é obrigatório no último ano e, normalmente, feito em clínicas das próprias faculdades ou em hospitais conveniados.

O que você pode fazer

Cardiologia e pneumologia
Tratar pacientes nas fases pré e pós-operatória. Prescrever e aplicar exercícios ligados aos aparelhos respiratório e circulatório.

Dermatologia
Aplicar massagens e aparelhos de raios infravermelhos, ultravioleta e laser para reduzir lesões e acelerar a cicatrização de queimaduras e cortes cirúrgicos.

Fisioterapia esportiva
Prevenir lesões e reabilitar atletas machucados.

Fisioterapia do trabalho Prevenir e tratar doenças relacionadas com o trabalho, como as lesões causadas por esforço repetitivo (LER).

Grupos especiais
Estimular os músculos de quem sofre limitações de movimento, como idosos e portadores de deficiência física.

Neurologia
Auxiliar no tratamento de seqüelas de derrame cerebral, paralisias e traumatismos.

Ortopedia e traumatologia
Acelerar a recuperação de movimentos e reduzir dores de pacientes com fraturas, traumas ou luxações. Prevenir lesões da coluna vertebral e das articulações causadas por postura incorreta ou esforço repetitivo.

4 Comentarios:

parabens pela iniciativa de mostrar as profissoes, em pensar q eu quase fiz fisio

Muito valido, espero sobre a minha, Contabilidade

bjosss

Profissão em alta no mercado.

Abraço,

Victor. www.jornalistavictor.blogspot.com

Profissão linda, mas que infelizmente não tem mto haver cmg...rs

Ahm, pd falar sobre "Jornalismo" ou "Ciências da Comunicação"? São minhas paixões...rs

Beijinhos

---
www.jehjeh.com

Postar um comentário