terça-feira, 24 de agosto de 2010

CIÊNCIAS SOCIAIS

É o estudo das origens, do desenvolvimento, da organização e do funcionamento das sociedades e culturas humanas. O cientista social estuda os fenômenos, as estruturas e as relações que caracterizam as organizações sociais e culturais. Ele analisa os movimentos e os conflitos populacionais, a construção de identidades e a formação das opiniões. Pesquisa costumes e hábitos e investiga as relações entre indivíduos, famílias, grupos e instituições. Desenvolve e utiliza um conjunto variado de técnicas e métodos de pesquisa para o estudo das coletividades humanas e interpreta os problemas da sociedade, da política e da cultura. Pode atuar nas áreas de ensino, pesquisa e planejamento, além de dar consultoria e assessoria a ONGs, empresas privadas e públicas, partidos políticos e associações profissionais, entre outras entidades.


O mercado de trabalho
O mercado é amplo, já que permite atuar em diferentes setores, como ensino, meio ambiente, assistência social, saúde e transportes. A multiplicação de ONGs e fundações voltadas para o desenvolvimento social é um fator que explica a alta do mercado, assim como a necessidade das empresas em realizar projetos voltados para a sustentabilidade. Para quem pensa em seguir carreira na área educacional, vale lembrar que os licenciados têm oportunidade de lecionar no ensino médio como professores de sociologia, principalmente. Para ensinar nas universidades é necessário fazer pós-graduação. Outro setor que costuma contratar o profissional é o de pesquisa social e de opinião – como os institutos Data folha e Ibope. O cientista social também tem sido requisitado para trabalhar na área de planejamento e desenvolvimento urbano, elaborando diagnósticos socioeconômicos. O profissional também consegue colocação em centros de pesquisa e em assessorias governamentais e de relações internacionais.
 
O curso
O curso exige grande carga de leitura e acompanhamento constante das questões sociais, culturais e políticas. Sua matriz curricular é estruturada tendo como eixo principal três grandes áreas: sociologia, antropologia e ciência política.O grupo de disciplinas obrigatórias é composto de história, geografia, economia, psicologia, filosofia e metodologia científica. Há, ainda, aulas práticas, que incluem pesquisa de campo e coleta, análise e interpretação de dados empíricos. Algumas escolas oferecem programas de iniciação científica e exigem a elaboração de uma monografia no fim do curso. Existem também as que têm graduação específica numa das habilitações de Ciências Sociais, como sociologia, ciência política ou antropologia. Há uma tendência de o bacharelado e a licenciatura serem ofertados de forma conjunta.


O que você pode fazer
 
Antropologia
Estudar a origem e a evolução do homem e das culturas. Investigar os diversos grupos sociais, culturais ou étnicos e as transformações ocorridas por causa do contato com outros grupos.
 
Ciência política
Analisar os sistemas, as instituições e os partidos políticos de um país e as relações entre as nações. Auxiliar na definição de políticas públicas e assessorar parlamentares e membros do Executivo.
 
Sociologia
Investigar as relações, as estruturas e a dinâmica das sociedades modernas, analisando os processos históricos de transformação das organizações sociais.
 
Pesquisa de opinião
Coletar e analisar dados sobre diferentes acontecimentos ou ocasiões para identificar o comportamento e a reação de grupos sociais em relação a eles.

4 Comentarios:

aaaaah, adoooro bloog assim, eu tinha um, mas ele exige mtooo tempo, ai nao to conseguindo cuidaaar direito...
Parabeeeens!
Obrigada pela visiita!
e to seeeguindo! \o
* Nem sabia que voce podia ir, pra area de pesquisa e tals... adooorei!

Este comentário foi removido pelo autor.

q interessante, mas ainda acho psicologia mais "magico" rs

Postar um comentário